Mais rentabilidade com sistemas integrados

Nos dias de hoje, a gestão integrada tem um grande impacto no potencial de lucro das empresas. Na era da tecnologia da informação, o dinamismo do mercado e a velocidade com que as decisões devem ser tomadas exigem que os empresários tenham um panorama claro da conjuntura geral e de sua empresa. Nesse sentido, um sistema integrado de gestão não só é importante como imprescindível para permitir que as informações fluam entre as diversas áreas da organização.

Entretanto, o que muitos empreendedores não percebem, é que o aspecto tecnológico é apenas uma das perspectivas para a qual eles devem dar atenção ao organizar sua empresa com vias de torná-la lucrativa. Outros aspectos que merecem atenção são:

– As pessoas, que movimentam qualquer negócio. Sem elas, não existe empresa, lucrativa ou deficitária. Portanto, investir nas pessoas significa dar condições a elas de que se alinhem à estratégia da empresa.

– Os processos, que bem estabelecidos evitam atrasos, retrabalho, ineficiência, falta de padronização e desorganização. Se uma empresa deseja ser lucrativa, precisa mapear e otimizar seus processos.

– Por fim, a tecnologia, que é o que capacita a gestão eficiente das pessoas e dos processos. A tecnologia, embora não seja considerada condição suficiente para a organização da empresa, é certamente condição necessária.

Gestão Integrada 

Quando se consegue integrar pessoas, processos e tecnologia, aí sim a empresa passa a despontar no quesito rentabilidade. Eliminam-se os achismos do processo de administração, organiza-se e profissionaliza-se a gestão.

A infraestrutura tecnológica é o que de fato permite esse processo de gestão, ao integrar os diversos conjuntos de dados necessários à formação do panorama financeiro e operacional da empresa. Sem um sistema computadorizado que faça esse papel, é impossível para a empresa organizar-se da forma adequada.

Da mesma forma que aqueles que apostam tudo na implantação de um sistema de gestão integrado, aqueles que o deixam de lado estão fadados ao fracasso.

Como se tornar rentável? 

A partir da implementação de um sistema integrado de gestão, é possível identificar os pontos que tornarão a empresa mais rentável: maior giro de produtos, menos estoques parados, melhor planejamento das compras, formação de preços mais adequada, melhor planejamento de fluxo financeiro, entre outros aspectos. Dessa forma, o empresário consegue enxergar com clareza o retorno do seu investimento.

O uso de um sistema empresarial integrado permitirá identificar todos esses ganhos, além de facilitar a verificação de eventuais perdas e simplificar a tomada de ações corretivas. Um produto sem procura, por exemplo, pode ser retirado do portfólio.

Uma organização precisa garantir resultados e rentabilidade para manter a saúde financeira do negócio. Dessa forma, contar com uma ferramenta de gestão automatizada e integrada, para analisar dados e informações de maneira confiável, é uma medida fundamental para aferir o retorno sobre os investimentos e a produtividade, além de assegurar aos gestores a assertividade nas tomadas de decisão.

Vicente Carvalho
Sem comentários.
Comente