Indicadores de desempenho do agronegócio: 6 KPIs para acompanhar de perto

Para conferir se a qualidade e a quantidade da sua produção estão de acordo com as suas expectativas, é imprescindível contar com bons indicadores de desempenho. Assim, você tem como saber se as coisas estão funcionando bem, além de prever o crescimento a longo prazo ou, caso necessário, mudar a estratégia para corrigir problemas que podem estar interferindo no seu trabalho.

Também conhecidos como key performance indicators (ou simplesmente KPIs), os indicadores de desempenho são métricas capazes de analisar o funcionamento de determinado projeto.

Neste post, você vai saber mais sobre esse assunto e, também, vai conhecer alguns dos principais indicadores de desempenho do agronegócio. Preparado para adotá-los na sua empresa? Então continue com a leitura:

Planejamento estratégico e KPIs

De uma maneira geral, indicadores de desempenho são métricas capazes de atribuir quantidade ao desempenho em função de determinado objetivo da sua empresa. Assim, para que os indicadores escolhidos tenham efetividade, é preciso primeiramente, compreender o planejamento estratégico da empresa e definir claramente os objetivos do empreendimento.

Somente nesse momento é que os indicadores de desempenho podem ser aplicados com efetividade, pois o seu uso será voltado para o monitoramento dos resultados, visando auxiliar a tomada de decisão dos gestores, além do desenvolvimento de novas estratégias, se for o caso.

Por esse motivo, é fundamental compreender os objetivos que se pretende alcançar, tais como qualidade, capacidade e estratégia.

Importância dos indicadores de desempenho

Indicadores de desempenho são importantes, pois ajudam a atingir diferentes metas — tais como lucratividade —, o que significa que podem ser utilizados de diversas formas. Por exemplo: num restaurante, é possível ter como indicador de desempenho a porcentagem de clientes que retornam ao local após a 1ª visita.

Assim, estendendo esse raciocínio para uma escala maior, ou seja, a escala industrial, é possível também usar esse recurso para avaliar o nível de produção por hora, por mês, a quantidade de produtos defeituosos ao fim do processo, entre outros.

Por esse motivo, é fundamental compreender os objetivos que se pretende alcançar, tais como qualidade, capacidade e estratégia.

Produtividade

Indicadores de desempenho de produtividade auxiliam quando a necessidade é de avaliar produtos finalizados, em produção por determinado período. São indicadores relacionados aos recursos relacionados às entregas.

Qualidade

O indicador de desempenho de qualidade permite medir se a sua produção tem sido bem recebida pelos seus clientes.

Capacidade

Avaliam o tempo de resposta aos processos. Por exemplo: a capacidade que uma máquina tem de embalar produtos por hora.

Indicadores estratégicos

Prestam auxílio em relação a como determinada empresa se apresenta em relação aos objetivos previamente estabelecidos.

Principais tipos de KPIs

Georreferenciamento

É uma técnica que consiste em conhecer com precisão a superfície da terra por meio do mapeamento das suas coordenadas geográficas, ou seja, altitude, latitude e longitude.

Essa captação das coordenadas pode acontecer de 2 maneiras diferentes:

  • instantaneamente, via receptores de GPS;
  • ou de maneira estática, com ordenadas previamente atribuídas a endereços convencionais recuperados de bancos de dados e exibidos em mapas geográficos.

Assim, com os dados geográficos definidos é possível fazer diferentes estudos como a análise de vendas, dados dos clientes na região, bem como logísticas de consumo e de entrega.

Semáforo

Como o próprio nome sugere, essa métrica trabalha com sinalização. Ela apresenta sinalizadores que revelam como anda cada um dos indicadores, oferecendo a possibilidade de uma análise mais precisa ao estabelecer prioridades de acordo com as cores vermelho, amarelo e verde, como um semáforo de trânsito faz.

No caso, a luz vermelha indica se você atingiu a sua meta; a amarela, se você está na média; e a verde, se você realmente conquistou o seu objetivo. O diferencial desse indicador é que ele deixa a parte visual muito mais intuitiva.

Tabelas de indicadores

Uma tabela de indicadores reúne indicadores-chave de desempenho e os seus respectivos alvos. Com a tabela de indicadores, é possível conferir o desempenho em função do objetivo estabelecido a partir de um nível superior de objetivos estabelecidos que se desmembra em outros objetivos menores.

A tabela de indicadores permite uma visão mais generalista do desempenho do negócio, pois permite que os dados e indicadores gráficos sejam visualizados de maneira mais simplificada pelo analista.

Cubo de dados

O cubo de dados exerce, basicamente, a mesma função da tabela, com o diferencial de apresentar os dados de uma maneira dinâmica, oferecendo relatórios com mais de uma dimensão de informações. Isso permite a sua análise por meio do cruzamento de informações.

O diferencial do cubo em relação à tabela é que com ele é possível analisar dados diferentes de maneira combinada, permitindo maior precisão a respeito das informações.

Dashboards

Um dashboard nada mais é do que um painel de controle. Nele, as informações mais relevantes sobre o projeto são apresentadas de maneira intuitiva e de fácil acesso. É uma reunião de diferentes itens com diferentes análises.

Além dos dados, eles oferecem também interatividade. Um dashboard pode reunir informações por meio de elementos como gráficos, planilhas e relatórios.

Cockpit empresarial

Comumente composto por relógios ou marcadores, o cockpit empresarial, ou cabine do piloto, oferece informações sobre a eficiência da empresa.

Para avaliar o desempenho, é preciso conferir os resultados obtidos na forma de:

  • eficiência — a relação entre os produtos ou serviços gerados com os insumos utilizados;
  • eficácia — a quantidade e a qualidade de produtos e serviços que são entregues ao consumidor;
  • e efetividade — os impactos que são gerados pelos produtos ou serviços e processos ou projetos.

Indicadores de desempenho: um recurso fundamental

Sem indicadores você simplesmente não consegue medir o que precisa. Assim você não tem como saber de que maneira cada área da sua empresa está se desenvolvendo. Por serem dados que nos permitem entender melhor como está funcionando a organização, os indicadores de desempenho podem medir diversos tipos de dimensões, tentando analisar cada parte dos resultados da empresa como um todo.

Quer saber mais sobre indicadores de desempenho e aplicação de tecnologia no setor? Então baixe o e-book “Guia do agronegócio: 7 segredos para conquistar a excelência dos processos”.

Rafael Castilhos
Sem comentários.
Comente