Entenda a influência das novas tecnologias e soluções na área de recursos humanos

Os investimentos em tecnologias já foram vistos como supérfluos na maioria das organizações. É difícil imaginar isso hoje em dia, mas muitas pessoas se lembram com carinho do primeiro computador que chegou no escritório. O setor de Recursos Humanos foi um dos primeiros a fazer bom proveito da entrada de tecnologia na vida das corporações. E os softwares específicos para a área estão cada vez melhores!

Isso se deve principalmente às transformações que a tecnologia causou nesse ramo. Para entender melhor a influência das novas tecnologias e soluções na área de Recursos Humanos, continue lendo este post.

O RH passou a atuar de maneira mais estratégica

O setor de RH lida com burocracias diariamente, e antes da integração da tecnologia aos seus processos era ainda mais trabalhoso. As tarefas eram repetitivas, demandavam muito tempo e eram pouco alinhadas aos objetivos da empresa como um todo.

A chegada das novas tecnologias e soluções permitiu que o setor do RH fosse um campo estratégico como qualquer outro. Hoje, não serve apenas para administrar questões relacionadas ao capital humano — férias, admissões e demissões —, mas também é uma ferramenta de apoio alinhada aos objetivos do negócio — novos talentos, treinamentos, perfis adequados. Para sorte das empresas e dos colaboradores da área, o RH que só lidava com papelada ficou no passado!

Com o uso de certas soluções, o RH pode, por exemplo, identificar e treinar líderes que vão ajudar no desempenho e desenvolvimento da empresa em um período determinado. Antes, o processo era mais complexo, mais demorado e não envolvia o RH em si — apenas a gestão.

A redução da burocracia é outro efeito positivo

Por falar em lentidão e falta de eficiência, a burocracia sempre foi uma grande vilã do RH. A dificuldade em gerenciar questões relacionadas aos colaboradores e ao seu desenvolvimento fazia com que o setor tivesse pouco dinamismo.

Tudo isso colaborava para que a empresa perdesse grandes chances de reter talentos e também de aproveitar oportunidades por não ter a equipe adequada. Com o avanço e chegada da tecnologia, tudo ficou mais simples.

Com tarefas automatizadas, os profissionais desse setor podem focar em questões muito mais complexas, amplas e relevantes, deixando a burocracia para a automação.

As mudanças nos processos de trabalho são excepcionais

Os processos internos do RH mudaram consideravelmente com o bom uso das novas tecnologias. A verdade é que com a burocracia o setor ficava preso, perdia tempo e não conseguia ser efetivo em outros pontos, como avaliar o clima organizacional ou pensar na capacitação profissional dos colaboradores da empresa.

O que era mecânico e padronizado ficou por conta da tecnologia e, finalmente, os profissionais da área puderam colocar em prática toda sua experiência profissional e proatividade. Hoje em dia, o RH é voltado para resultados como toda parte da empresa.

A saúde do trabalhador e outras preocupações mudaram

Antes, a preocupação principal era com a produção do trabalhador pelo menor custo possível. Isso não levava em consideração a saúde do trabalhador e muito menos a sua qualidade de vida.

Embora essa ação parecesse focada em economia, gerava insatisfação, doenças, acidentes de trabalho e mais custos em longo prazo. A partir da chegada da tecnologia, ficou mais clara a relação entre saúde do trabalhador e os resultados obtidos.

Com isso, não é incomum que hoje as novas tecnologias e soluções sejam orientadas para pensar em questões como condições de saúde física e psicológica dos trabalhadores — o nível de estresse, por exemplo. A partir desse gerenciamento de condições, é possível ter profissionais capazes de entregar o seu máximo potencial.

A forma como as contratações são feitas tem mudado para melhor

As novas tecnologias reduziram os processos burocráticos do RH, com já sabemos. Nos últimos anos, pudemos vivenciar uma verdadeira transformação na forma com que as empresas contratam e lidam com seus novos talentos. Hoje em dia, capital humano não é um gasto, mas um investimento valioso.

As empresas compreenderam que talentos e resultados financeiros caminham juntos. Com investimentos adequados, é possível contratar pessoas com perfil mais apropriado, aumentar a retenção de talentos e evitar a perda de bons profissionais para a concorrência. As corporações entenderam que investir tempo e dinheiro em alguém que vai se demitir gera desgastes desnecessários e que podem ser evitados por um RH capacitado.

Além disso, colaboradores alinhados aos valores do negócio tendem a ser mais felizes e produtivos, o que faz com que tudo funcione melhor. A instituição cresce não apenas financeiramente, mas nos seus valores e com pessoas que querem estar lá.

A qualificação de colaboradores passou a ser mais acertada

Quando se fala em valorização do profissional, o treinamento não pode passar em branco. Sem a tecnologia era muito comum oferecer cursos padronizados para os funcionários e em uma frequência aquém do esperado.

Com a tecnologia, por outro lado, ficou mais fácil mapear o nível de conhecimento dos colaboradores e quais são as áreas que exigem mais atenção e mais qualificação. A partir disso, o setor de RH consegue orientar mais facilmente a qualificação ao levar em consideração interesses, habilidades e aptidões e, assim, formar profissionais mais capacitados.

A tecnologia também é valiosa na medida em que oferece cursos online e treinamentos virtuais. Além de melhorar a capacitação da equipe, diminui os custos operacionais sem que exista perda da qualidade, uma vez que hoje em dia existem diversas instituições respeitadas oferecendo Educação à Distância.

A gestão de pessoas ficou mais eficiente

Como um todo, a grande influência das novas tecnologias e soluções na área de Recursos Humanos é que a gestão de pessoas passou a ficar muito mais efetiva. Funcionários deixam de ser um nome no crachá ou um número no sistema e passam a ser considerados parte fundamental para os resultados da empresa.

Com mais capacitação e atenção a questões relevantes, há muito mais motivação e engajamento. Eventualmente, isso aumenta a satisfação, melhora o clima organizacional, eleva a produtividade e também garante uma taxa de rotatividade (ou turnover) muito menor.

O uso das novas tecnologias e soluções tem grande influência na área de Recursos Humanos porque transformou completamente a forma de atuação desse setor. Se antes ele era altamente burocrático, hoje tem se tornado cada vez mais estratégico, aliando suas operações de trabalho aos objetivos do negócio para resultados muito mais consistentes.

E já que esse é o assunto, leia nosso outro artigo para entender como o uso da tecnologia ajuda a transformar o RH de maneira estratégica.

Daiane Rolim
Sem comentários.
Comente