Como aumentar a produção agrícola usando a tecnologia?

Para falar dos desafios de aumentar a produção agrícola devemos primeiro dar uma olhada panorâmica no Agronegócio, que é hoje o segmento da economia no qual o Brasil mais se destaca. Dados do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada revelam que o PIB do setor teve uma alta de 1,55% nos primeiros quatro meses de 2016.

O ramo agrícola, que compreende o cultivo de plantas, cresceu 2,37% no período mesmo diante da retração da macroeconomia nacional. Dentre os cultivos que impulsionaram essa alta estão o milho e a soja — produtos que há anos fazem com que o país esteja entre os principais exportadores para diversas partes do mundo.

O cenário é favorável, mas há ainda muita possibilidade de crescimento, especialmente se olharmos para as projeções da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura. A organização estima que, nas próximas décadas, os agricultores precisarão aumentar sua escala de produção de alimentos em 70% para atender ao crescimento populacional em todo o globo (9,2 bilhões de pessoas até 2050).

A boa notícia é que a tecnologia da informação (TI) promete soluções que podem ajudar muito no aumento da produção agrícola assim como na lucratividade das empresas do setor. E é sobre isso que falaremos neste post. Acompanhe:

TI e produção agrícola: a tecnologia como mola propulsora da produção de alimentos

Se engana quem vê a agricultura como um setor tradicional, no qual a tecnologia não é empregada com a mesma intensidade observada na indústria de manufatura, por exemplo. Há uma série de soluções tecnológicas que já estão sendo utilizadas e outras tantas tendências que estão nos radares dos empresários do agronegócio em todo o mundo.

Para se ter uma ideia, um estudo do IBGE sobre o histórico do emprego da tecnologia nos campos brasileiros aponta que já em 2006 os recursos tecnológicos eram responsáveis pelo aumento de cerca de 68,1% da renda bruta dos pequenos e médios agricultores no Brasil.

De lá para cá, um boom tecnológico colocou o país como um dos que mais adotam novas tecnologias, sendo o carro-chefe na América Latina e entre as maiores nações em desenvolvimento.

O que se tem notado nos últimos anos é a crescente utilização de tecnologias da chamada Era da Transformação Digital, que compreende computação em nuvem, big data, internet das coisas, mobilidade e outros conceitos tecnológicos inovadores.

Exemplos práticos são o uso de drones para monitorar plantações e pulverizar defensivos; também o emprego de robôs para a colheita de frutas; a ampla utilização de dispositivos móveis — como tablets e smartphones — para otimizar a comunicação remota; entre outras, que já são muito frequentes.

É importante ressaltar que por meio da tecnologia também é possível otimizar a gestão dos negócios agrícolas, reduzir custos, aumentar a produtividade e, assim, contribuir para o aumento da produção. Em outras palavras, escalar os negócios de uma forma que haja a perfeita harmonia entre produzir mais e ter mais lucratividade, o que incentiva o setor a crescer e se desenvolver.

Otimização da gestão produtiva: softwares especializados ajudam no aumento da produção agrícola

Cada vez mais, os empresários do ramo da agricultura estão vendo na tecnologia uma excelente aliada para tornar seus esforços de gestão mais automatizados e inteligentes. A utilização de softwares de gestão, por exemplo, pode trazer inúmeras vantagens competitivas. Dentre elas, destacam-se:

Ajustes nos processos de produção

Empresas que querem aumentar a produção agrícola precisam pensar sua operação de uma forma mais profissionalizada, dentro dos moldes de um negócio, não mais da forma tradicional aplicada até poucos anos. Assim, um software que parametrize ações que toda a equipe deve tomar para melhor efetuar e mensurar a produtividade pode contribuir muito.

Um sistema especializado em agronegócio pode fornecer acesso rápido a informações que facilitem o trabalho no dia a dia no campo, coletar dados que ajudem a guardar históricos e a realizar análises que facilitem a tomada de decisões — do controle de suprimentos à realização de compras, passando por controle financeiro e logística, entre outros aspectos burocráticos.

Gestão de pessoas

Outro ponto pelo qual o aumento da produção agrícola passa necessariamente é a gestão efetiva dos colaboradores. Além de ajudar a padronizar as atividades, um bom sistema pode melhorar o controle de gestão pode auxiliar na melhoria da mensuração do desempenho e, assim, provocar um aumento de produtividade.

Gestão de riscos

Os riscos de perdas de mercadorias no campo estão sempre presente, e é por isso que eles devem ser geridos de uma forma estratégica, proativa. Isso é feito com mais assertividade quando se conta com um sistema que auxilia no controle dos principais riscos a que uma operação produtiva pode estar sujeita.

Gestão de estoques

Não é novidade que ter um bom controle de estoques é fundamental para a gestão de produção agrícola. Tendo a facilidade de mensurar os insumos e mercadorias disponíveis, é possível planejar melhor o que precisa ser produzido e/ou adquirido, evitando desperdícios e facilitando a previsibilidade de investimentos.

O ideal é que o sistema contemple todas as particularidades de um processo inteligente de armazenamento. Também é importante que ele auxilie na automatização de alertas de falta ou de excesso de insumos, para que os gestores se preocupem mais com a produção em si do que com a supervisão “manual” dos armazéns.

Acompanhamento da cadeia de produção

Por fim, uma solução de gestão especializada no mercado agrícola também é útil para tornar o acompanhamento da cadeia de produção mais inteligente.

O sistema deve fornecer meios de imputar e processar dados sobre o plantio e a colheita, entre outros aspectos, para que os gestores tenham uma visão panorâmica de todo o processo (desde a semeadora até o envio das cargas aos clientes).

O foco de uma solução que permita o acompanhamento da cadeia de produção deve ser tornar o negócio mais inteligente, de modo que as funcionalidades e as informações ajudem os empresários do ramo a melhorar cada vez mais e, assim, conseguir aumentar sua produção e a satisfação de todos os envolvidos.

Quer saber mais sobre como a tecnologia pode ajudar no aumento da produção agrícola? Baixe agora o e-book “Guia do agronegócio: 7 segredos para conquistar a excelência dos processos”!

Santiago Marcanth
Sem comentários.
Comente