RS 51 3206 1174
PR 41 2106 6757
SP 11 5105 2200

Junho / 2016

Atrair os melhores talentos

O desafio dos que se dedicam a contratar, desenvolver e gerir pessoas.

Atrair os melhores talentos

 

Um novo mercado

O mercado de trabalho mudou drasticamente ao longo dos últimos cinco anos, fazendo com que o pessoal de RH e as lideranças passem a estar o tempo todo preocupados com a marca de empregadora da empresa (a reputação da marca para quem está de olho em oportunidades de trabalho).

Atrair os melhores talentos está se tornando um desafio cada vez mais difícil de ser alcançado. É preciso equilibrar os esforços para este fim com as ações para reter os profissionais já contratados, especialmente em alguns segmentos, como tecnologia da informação (TI), finanças e serviços em geral. Somente a título de curiosidade: de acordo com a Softex (Associação para Promoção da Excelência do Software Brasileiro), até 2020, o Brasil terá um déficit de cerca de 408 mil profissionais; pense no desafio das empresas do segmento.

No Brasil, apesar da crise econômica que estamos vivendo no momento, o fenômeno da falta de mão de obra especializada em alguns segmentos se dá por diversas razões: profissionais atuando de forma independente, o crescimento do empreendedorismo, a disparidade desalários entre empresas do mesmo segmento etc.

Visão de futuro

Organizações com visão de futuro estão se preparando para trabalhar a reputação no mercado como um empregador elegível (perceba a mudança de perspectiva). E isso perpassa também um processo de gestão de talentos abrangente que traduz bem as referências boca a boca, clareza na comunicação da marca (missão, visão, valores,
benefícios etc.), comentários dos funcionários e candidatos na internet, especialmente em redes sociais como o LinkedIn.

Nas palavras da Sociedade Americana de Gestão de Recursos Humanos, com as mudanças do mercado de trabalho, as organizações devem ajustar as estratégias de gestão de talentos para atender e superar as expectativas dos colaboradores, aliando isso ao planejamento estratégico do negócio. Aquelas que ficarem aquém disso podem acabar com uma força de trabalho deficiente, que rapidamente enfraquece a capacidade para manter os negócios competitivos.

É fundamental, portanto, que as empresas realmente interessadas em fazer gestão de talentos disponham de sistemas que trazem vantagem competitiva. Um bom sistema incorpora ferramentas de recrutamento e seleção,planejamento e análise da força de trabalho, sucessão e desenvolvimento de talentos. Além disso, auxilia na definição e no acompanhamento de indicadores de desempenho, qualidade e produtividade; dá às lideranças capacidades de imputar e analisar dados para trabalhar melhor questões como rotatividade, satisfação, qualidade de vida, engajamento etc.

E como é na sua empresa? Conte aqui nos comentários.

#GestãodeTalentos